4 erros na organização de um casamento que as noivas cometem, mas você não vai repetir

Não importa se é um casamento em uma igreja ou ar livre. Para muitos ou poucos convidados. Por mais que as personalidades sejam diferentes, toda noiva torce para que seu matrimônio se torne inesquecível.

Mas, por maior que seja o comprometimento dos responsáveis pela organização, é importante aceitar que nem tudo vai acontecer exatamente como você sempre sonhou: muitos aspectos irão superar suas expectativas!

Por outro lado, é bom se preparar: ninguém está livre de cometer erros, nem mesmo você. Pensando nisso, nós listamos alguns equívocos bastante comuns na organização de um casamento. Fique atenta para não repeti-los!

 

 

1. Delegar responsabilidades demais

Quando você conta aos amigos e familiares que vai se casar, muitos deles se oferecem para ajudá-la. E alguma colaboração, é de fato, bem-vinda, mas tome cuidado para não se empolgar e delegar responsabilidades em excesso.

Por acreditar que alguns aspectos são menos relevantes ou em razão da extrema falta de tempo, você acaba aceitando essa ajuda e concede carta branca para que outras pessoas tomem algumas decisões.

Por que isso é ruim? Por melhor que tenha sido a intenção do responsável, há o risco do resultado não agradar, ficando completamente diferente daquilo que você tinha em mente. Resumo da ópera: saiba tudo o que vai acontecer no seu casamento, para não se decepcionar depois.

 

 

2. Querer economizar a qualquer custo

A gente sabe que bancar uma festa de casamento não é algo exatamente barato, e ter bom senso na hora de investir a verba disponível nunca é demais: a prática de pesquisar e comparar preços é altamente recomendável.

Por outro lado, tome cuidado com o excesso de economia: lembre-se que, na maioria das vezes, o preço é proporcional a qualidade dos serviços prestados. Já diz o velho ditado que o barato pode sair caro.

Ainda nesse quesito, não querendo subestimar os seus talentos, nós incentivamos a contratação de um cerimonialista. Não encare este como um gasto a mais, mas como um investimento, que pode, inclusive, poupá-la de muitas dores de cabeça, ao lidar com diferentes fornecedores e aspectos burocráticos.

 

 

3. Organizar o casamento dos sonhos (dos outros)

Agora vamos falar sobre algo muito importante: quando você deixa de fazer as suas vontades para agradar aos outros, sejam seus pais, sogros ou amigos. Ter um ou outro gesto de gentileza é um sinal de educação, mas lembre-se de que a sua vontade deve ser soberana.

Em outras palavras, o seu casamento deve ser a materialização dos seus sonhos (não o dos outros)! Jamais aceite fazer algo a contragosto, apenas para não se correr o risco de se indispor com quem quer que seja.

Tenha em mente que o encanto de um casamento só é completo quando a cerimônia consegue refletir a personalidade dos noivos: da escolha do local à seleção do repertório que vai agitar a pista de dança.

 

 

4. Estressar-se demais

Sim, você é a grande estrela deste momento e a etiqueta permite que você reine absoluta. Por outro lado, isso não lhe dá o direito de sair brigando com tudo e com todos. A gente entende que este é um período em que os nervos ficam a flor da pele, mas se tudo parece que vai desmoronar, acalme-se!

Este conselho é válido especialmente no grande dia. Tem noiva que simplesmente deixa de aproveitar a cerimônia porque está incomodada com algum imprevisto de última hora, que sequer foi notado pelos convidados.

Entendeu quais são os erros que você não pode cometer na hora de organizar um casamento? Compartilhe esse texto em suas redes sociais para ajudar outras noivas!

 

 

GOSTOU DO NOSSO TRABALHO? PEÇA UM ORÇAMENTO> PEDIR ORÇAMENTO

 

Contato via Whatsapp